Escolha uma Página

SEOUm site que não aparece bem posicionado nos buscadores, pode-se dizer que é um site perdido! Existe um vasto conteúdo na internet sobre SEO (Search Engine Optimization) que nada mais é que “Otimização para mecanismos de busca”. O problema é que normalmente o conteúdo encontrado é muito técnico e extenso, e mal começa a leitura e muitos já desistem por achar algo muito complicado.

Então resolvi escrever este post para colocar o básico do básico mas que se feito já poderá melhorar bastante a situação do seu site e Blog. O meu conselho é que não desista e se não conseguir fazer tudo de uma vez, faça aos poucos, seguindo na medida do possível a ordem colocado que pela minha experiência tem uma relevância maior.

O princípio de tudo é identificar as palavras-chaves pelas quais você deseja que seu site seja encontrado. Sabendo quais são essas palavras, partiremos para as ações:

1. Coloque as palavras-chave no título da pagina através da tag <title> </title>

É o conteúdo desta tag que terá maior peso na busca e que aparecerá no link dos resultados da busca. Veja na imagem abaixo o exemplo deste cliente onde ele não aparecia em resultado algum nas buscas, o objetivo era aparecer nos resultados de escritórios contábeis em Paranaguá, com esta técnica e outras que vamos citar, conseguimos colocá-lo na primeira página em segundo lugar.

Site da Breginski Contabilidade

Site da Breginski Contabilidade Otimizado para buscas. Como podem ver, no topo do site colocamos as palavras "Contabilidade", "Escritório contábil" e "Paranaguá"

E o resultado no Google quando buscamos “Contabilidade Paranaguá” é:

Breginski Contabilidade na primeira página do Google

Breginski Contabilidade na primeira página do Google na busca por "Contabilidade Paranaguá"

2. Bom conteúdo com as palavras-chave e links

Escreva um bom conteúdo e que nele se repita também várias vezes as palavras-chave em questão. Mas procure manter o texto bem coerente e não pode ser repetitivo a ponto de prejudicar a leitura. Também é importante ter bastante links para outros conteúdos internos, por exemplo, você esta falando sobre marketing e no meio surge a palavra empreendedorismo, faça um link de empreendedorismo para uma artigo ou post que tenha sobre esse conteúdo. Nos links é importante colocar a sua descrição no parâmetro “title” da tag <a> que é a do link.

3. Meta-tags

As meta-tags vão no <head> “cabeçalho” do site e algumas vezes elas são responsáveis em passar para os buscadores algumas informações como por exemplo sua descrição. As duas mais importantes (na minha opinião) são:

Description: Ela informa a descrição ou resumo do site para o buscador, na imagem acima, é o texto em preto entre o link (Azul) e a URL (Verde). A Descrição tem poder em convencer o internauta à clicar ou não neste resultado, por isso precisa ser curta e com os argumentos relevantes para quem está pesquisando.

Seu código em HTML é <meta name=”description” content=”descrição do site”>.

Na figura abaixo é apresentado o local onde a descrição de um website aparece como o resultado de uma busca por uma ferramenta de busca.

Keywords: Representa o conjunto de palavras-chave que se refere às palavras que o usuário de uma ferramenta de busca pode utilizar para encontrar o website. Por isso trabalhe bem sinônimos, além de outras palavras relacionadas. Obs: Alguns buscadores como o Yahoo por exemplo, não utilizam dessa tag, mas de qualquer forma é importante tê-la atualizada e certinha para os que ainda à utilizam.

Seu código em HTML é <meta name=”keywords” content=”KEYWORD1, KEYWORD2, KEYWORD3, KEYWORD4″>.

4. Destacando o que é importante

Coloque os títulos, principalmente se houver as palavras-chaves, dentro de suas respectivas tags <h1>, <h2> e <h3> dentro de suas ordens de prioridade, isso conta muito para o buscador organizar os critérios de relevância. Mas não pode exagerar criando títulos muito longos. Também utilize a tag <strong></strong> que deixa em negrito os itens que devem ser destacados.

5. Código mais limpo possível

Essa é uma parte trabalhosa, principalmente para quem já tem um site relativamente grande e sabe que é melhor mexer em um ninho de formiga do que no código deste site, mas sem dúvida é importante. Então sugiro duas opções: Analisar cuidadosamente para ver se não é mais vantagem começar do zero e fazer direito desde o início. Caso essa possibilidade seja descartada, comece nas partes mais críticas, como por exemplo, onde há <iframes> ou várias tabelas aninhadas.

6. URL Amigáveis

Esse é outro pepino, principalmente para quem tem um site em PHP ou ASP que foi desenvolvido há algum tempo todo personalizado. Para usuários leigos isso é uma tarefa praticamente impossível de realizar. Mas é o que eu disse no início e decorrer do texto, se não for possível renovar tudo, vá fazendo por etapas deixando as mais complicadas por último.

7. Consiga links para o seu site

Essa eu deixei por último por não ser a otimização do seu site, mas é o critério mais importante que te levará para o topo das buscas! Para que o Google entenda que o seu site é importante e tem conteúdo sério, é preciso que tenham links de outros sites apontando para o seu. Só que mais importante ainda é que os sites que estejam com links para o seu, também estejam em um bom ranking no Google. Eh, realmente isso é difícil de conseguir, mas não é impossível.

Primeiro tente descobrir os sites que estão bem posicionados que tratem de assuntos similares ao seu. Se for blog é melhor, pois você poderá sugerir uma troca de links ou um artigo para ele onde discretamente você colocará o link do seu site.

Há também os diretórios nos quais mencionei vários aqui neste post.

E por fim, para saber o PageRank do site no google, eu dou dica aqui neste outro post

E claro, as preciosas dicas de Marketing Digital em Redes Sociais

Conclusão

Essas são apenas as ações prioritárias, o ponta-pé inicial para tornar seu site um pouco mais simpático para o Google e outros buscadores. Muitas outras tarefas fazem parte do serviço de otimização completa, mas tomando essas medidas acima já terá dado um passo importante!

Não entende bolufas de SEO e códigos e não quer se incomodar?

Contrate um profissional para cuidar disso pra você, caberá à você só colher os frutos do benefício de ser encontrado no Google. Falando em frutos, outra hora que estiver com mais tempo vou contar alguns “cases” de sucesso de clientes que otimizaram o seu site, esse utilizado no exemplo (Breginski Contabilidade) é um deles. Mas isso é assunto para um outro post.

Deixem suas opiniões nos comentários e até mais!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...