Como escolher um nome para a empresa ou produto

Como escolher um nome para a empresa ou produto

4 de agosto de 2009 19 Por Jackson Jorge

Rabiscando - Escolha do nome para empresaVários empreendedores ou empresários passam ou passaram por esse dilema, afinal, o nome da empresa é uma das bases fundamentais para o sucesso, pois uma escolha errada pode atrapalhar para sempre os negócios causando dificuldades de pronunciamento, fixação, assimilação entre outros.

O problema se agrava com em áreas muito exploradas, onde parece que todo mundo utiliza os mesmos termos ou nomes. O fato é que hoje, se quiser ser original será necessário primeiramente estudar muito o negócio que será implantado, mercado e público-alvo e então revirar um dicionário casando palavras até achar aquela que você fala e imagina sua empresa.

Vale lembrar que, o fato de você ter gostado da palavra ou ela ter um significado especial para você, não quer dizer que seja boa para ser o nome da sua empresa, pense o que os outros imaginarão ao pronunciar o nome.

Existem basicamente 3 categorias de nomes ou linhas para se seguir ao procurar um nome para empresa, são elas:

Nome ou parte do nome do fundador

Orkut, Ford, Suzuki e Kasinski são apenas alguns exemplos de empresários que usaram seus nomes em suas empresas. Essa pode ser uma boa alternativa quando se tem um nome diferente e o fundador da empresa é bem conhecido. Em cidades pequenas, é costume dos clientes vinculá-la ao empresário ou fundador já que este é conhecido no meio.

Nome da cidade ou região

É um recurso hoje já pouco utilizado em empresas maiores, mas é o caso da Votorantim. É mais comum em pequenos estabelecimentos nas entradas das cidades, para se identificar melhor com os turistas ou visitantes.

Termos ou palavras técnicas da área

É um método largamente utilizado, e por isso, mais difícil de encontrar a originalidade.

A grande vantagem de utilizar esse método é que pode ficar mais fácil a associação do nome com a atividade da empresa e o que ela oferece.

Cuidados ao escolher um nome

Cacofonia ou termos “anti-culturais”.

Muito cuidado na escolha da palavra, principalmente termos em outro idioma ou junção de duas ou mais palavras, pois a fonética pode ser um resultado não muito interessante para o nome de uma empresa, como por o exemplo, o caso da camioneta “Pajero” que para os argentinos é uma gíria para “Masturbador”, também o caso da van Besta, onde o nome parece pejorativo e muitos motoristas chegaram a tirar as letras B ou A do logo para desfazer a palavra.

Nomes grandes e pronunciamento difícil

Evite nomes demasiadamente grandes ou de difícil pronúncia, pois é se tornará um transtorno sempre que precisar falar o nome ou ainda na hora de ser divulgado pelos amigos e outras pessoas.

Nomes muito usados ou comum

A simplicidade é sempre bem vindo, porém, não se pode pensar em um nome hoje se ele não estiver disponível para registro, tanto do domínio quanto o registro do marca, e nomes muito utilizado ou comuns, normalmente já foram registrados. Então talvez seja melhor pesquisar e pensar um pouco mais para encontrar um nome disponível para registro.

Vale lembrar que o domínio, ou seja, o endereço da sua empresa na internet (Por exemplo: www.minhaempresa.com.br ), quanto mais curto e fácil de memorizar melhor! Então, para evitar dores de cabeça futuramente, é bom já pensar nisso na escolha do nome.

Mas então como fazer?

Não é fácil! Se você não tem muita intimidade com as palavras ou criatividade para isso, é sempre bom contar com a ajuda de um profissional, mas se quer arregaçar as mangas e ir para a luta, com um pouco de criatividade e boas horas de pesquisa, pode encontrar algo interessante.

Tente associar partes de palavras ou ternos técnicos da sua área, por exemplo, se é construção, pode-se associar “constru” com um ideal ou característica da empresa, como as palavras “mais”, “fast”, “service” ou ainda com a região, por exemplo, “sul”, “norte”, brincando um pouco com essas palavras, já teríamos Construmais, Construfast, Construsul, Construnorte, Construservice, Construserve, etc…

Uma ótima ferramenta para a técnica acima é o nomevip.com.br que lhe dá ótimas combinações e sugestões de nomes e o melhor que é de graça!

Outra opção é buscar palavras em outros idiomas muito pouco conhecidos, que poderão nos fornecer palavras interessantes e com boa fonética. Ainda mantendo o exemplo na área de construção, podemos ter:

Ehitus (“Construção” em estoniano)

Construire (“Construir” em francês)

Postavit (“Edificar” em tcheco)

Claro que os exemplos acima são apenas para demonstrar as técnicas e métodos que podem ser utilizados, deverá ainda analisar outros detalhes como mencionados anteriormente.

Para finalizar este post, deixo com vocês alguns nomes de empresas famosas e os suas supostas origens.

Apple – Maçã era a fruta favorita de Steve Jobs (co-fundador) e ele também

havia trabalhado em um pomar de maçãs. No momento de escolha do nome, eles
procuraram escolher algo que pudesse manter distante nomes que pudessem
refletir algo “frio, inacessível, e imagens complicadas criadas por
empresas naquele período.”

Compaq – As 3 primeiras letras são da palavra “computer/computador” e foi
adicionado o “paq” para “denotar um pequeno objeto completo”, ou que
pudesse significar“compatibilidade e qualidade.”

eBay – Pierre Omidyar que criou o eBay originalmente tinha uma consultoria
chamada Echo Bay Technology Group. Quando ele tentou comprar o domínio
EchoBay.com para seu site de leilões, verificou que alguém já havia
comprado. Ele então comprou o nome eBay.

Google – Larry e Sergey escolheram Google que era deliberadamente um erro de soletração da palavra Googol. Este digito significa 1 seguido de cem
zeros, e “reflete a missão da empresa de organizar o mundo da informação”.

Hotmail – Foi escolhido pelo fundador ao querer demonstrar a todos que o
e-mail tinha algo incluído. Hotmail foi escolhido por conter as letras
HTML. O nome originalmente tinha as letras HTML em maiúsculo: HoTMaiL.

Intel – Uma combinação de “INTegrated ELectronics” em português
“Eletrônicos Integrados”.

Microsoft – Era originalmente representado por “Micro-Soft” em devoção ao
microcomputer software(software de micro-computador). O traço foi
removido.

Nintendo – Criado a partir de 3 diferentes caracteres da língua Kanji de
origem Japonesa: Nin-ten-do. As primeiras duas podem ser traduzidas como
“Paraíso abençoa trabalho difícil”.

Sun Microsystems – Representado pelas iniciais de Standford University Network (Rede de Universidades Standford). A primeira workstation foi
desenvolvida pelos fundadores em seus dormitórios na Universidade de
Standford.

Yahoo! – Representado por: Yet Another Hierarchical Officious Oracle(”Um
Outro Oráculo Oficioso Hierárquico”). A palavra “Yahoo” foi originalmente
usada no livro “Viagens de Gulliver” e descreve alguém “repulsivo na
aparência e raramente humano”. Os fundadores do Yahoo brincam que eles são Yahoos

E você, como fez para escolher o nome da sua empresa ou produto? Tem mais alguma dica ou técnica à acrescentar? Participe deixando seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...